Desafios do Crescimento Acelerado na Decora

Inúmeros desafios surgem quando passamos de uma empresa de 20 colaboradores, onde a informação flui de maneira livre e comportamento indesejado pode ser identificado rapidamente, para uma empresa com 120 colaboradores, onde a cultura toma forma própria. Durante o último ano contratamos mais de 100 pessoas!

Como fazemos para manter a equipe próxima? Como podemos nos certificar que todos entendem o direcionamento da empresa e o papel de cada um para chegar ao destino desejado? Como nos mantemos conectados às coisas que nos tornam quem somos? Como que viramos 'gente grande' efetivamente sem nos afundarmos em burocracia e regras? 

Nós certamente não temos todas as respostas. Mas sempre fomos práticos na busca de soluções para assuntos complexos. E quando tratamos de pessoas, não deve ser diferente. Aqui estão duas coisas que acredito serem cruciais na medida em que crescemos: 

1 - Equilíbrio entre Liberdade e Responsabilidade 

É extremamente importante encontrar o equilíbrio ideal entre estas duas coisas. 

Em experiências passadas, aprendi que quando você dá responsabilidade, mas não põe em prática nenhum mecanismo para se certificar que as pessoas entendem o direcionamento e estão de fato fazendo o que é esperado, o caos tende a reinar. Similarmente, quando muitas regras sem explicação plausível são estabelecidas, pessoas tendem a ficar alienadas e a fazer somente o suficiente para ‘sobreviver’. E nós nunca queremos entregar ‘somente o suficiente’. Queremos ir além, ser o melhor que podemos ser. 

Então, estamos buscando determinar quais premissas são absolutamente indispensáveis para manter a Decora inovadora, adaptável, e de alto impacto e o que simplesmente não é necessário. 

Tentamos dar liberdade para que as pessoas possam experimentar coisas novas, mas esperamos feedback sobre o que deu certo e o que pode ser melhor. Queremos que as ideias de cada um sejam ouvidas e que as pessoas sintam que podem causar um impacto. Mas também esperamos ver resultados e melhorias. Estamos tornando os times mais autônomos, confiando em cada pessoa para tomar decisões pensando na empresa como um todo, colocando interesses pessoais de lado. Permitimos que pessoas cometam erros, mas esperamos que corrijam rotas o mais rápido possível. 

É claro que ainda precisamos fazer muitos ajustes e temos um longo caminho pela frente no que diz respeito a encontrar o equilíbrio entre liberdade e responsabilidade. Mas buscamos por um caminho com menos regras e mais diretrizes, menos roteiros e mais foco nos resultados que buscamos alcançar. 

2- Comunicação Aberta

Um outro aspecto importantíssimo é a comunicação. Certamente, temos nossas limitações quando o assunto é disseminar informação e estabelecer diretrizes claras em termos de expectativas, mas conquistamos um progresso notável no último ano. 

Estamos trabalhando duro para trocarmos mais feedbacks objetivos e construtivos. Queremos que as pessoas tenham um entendimento melhor daquilo que é esperado e quais são os critérios para crescer dentro da empresa. Nossos líderes estão cada vez mais engajados nesta prática e o resultado tem sido significativo. 

Queremos que as pessoas lutem por aquilo que acreditam, mas que também sejam responsáveis e apresentem evidência, ao invés de usarem apenas intuição. Intuição quando resguardada por dados sólidos é sempre mais valiosa. Queremos comunicar com mais clareza o direcionamento da empresa como um todo, e falar mais abertamente dos desafios que estamos enfrentando. Queremos que as pessoas identifiquem falhas nos nossos processos produtivos, produtos e no relacionamento com clientes, e que prontamente tragam ideias e sugestões de melhorias. Mais importante que isso, queremos que as pessoas possam manifestar suas preocupações livremente.

O legal é que aqui na Decora conseguimos fomentar uma cultura de pessoas comprometidas e engajadas. Aqui as pessoas se importam: com o trabalho a ser feito; com o bem estar da empresa como um todo; uns com os outros, e isso transparece. Por nos importarmos, aceitamos feedbacks com mais facilidade. Corrigimos rotas quando necessário. Estamos dispostos a mudar. Estamos dispostos a experimentar coisas novas. Dispostos a admitir nossos erros. Dispostos a melhorar. E no final das contas, essa atitude é o que faz com que a Decora continue crescendo e evoluindo. 

 

O que achou? Me manda um slack ou um email no marcela.bittencourt@decora.do pra me contar! 

 
 
foto linkedin.jpg

marcela bittencourt 

human resources manager at decora

 
Marcela Bittencourt